Maisa Silva é ágil, divertida, leve e segura, e seu programa é uma graça

“Ela começou a falar aos 9 meses, estreou na TV aos 3 anos, diva acessível e adolescente mais seguida do mundo”. Foi assim que Oscar Filho apresentou Maisa Silva na estreia do programa da jovem, na última semana. Aos 16 anos, a artista é isso e muito mais. Não à toa ganhou uma atração para chamar de sua.

O “Programa da Maisa” é uma graça, feito para toda a família e merece atenção. É uma mistura de “Lady night” (bem mais light, claro) com “Vai, Fernandinha”, e Maisa parece ter bebido mesmo na fonte de Tata Werneck e Fernanda Souza, duas apresentadores que souberam inovar em suas produções na TV. Ágil, divertida, leve e muito segura, Maisa levou para a televisão o que já costuma fazer nas suas redes sociais, informa o Extra.

A direção soube dosar bem os elementos gráficos e digitais — que atraem a garotada fã da apresentadora — com o já tradicional formato de talk-show, conhecido pelo telespectador mais velho que viu Maisa crescer na TV. Inserir os patrocinadores no contexto do programa e na abertura deixou tudo ainda mais moderno, mais explícito. Excelente também o esquete com Mili, Valéria e Poliana, que contou com a pequena participação de Sophia Valverde.

A escolha de Oscar Filho somou bem à versatilidade dela. Considerado um dos canais mais resistentes a mudanças, o SBT soube criar uma atração realmente com potencial para resgatar os mais jovens para a TV. E o “voltar para a TV” não significa sentar em frente ao aparelho no horário marcado. E, sim, consumir o conteúdo feito pela emissora na plataforma que o telespectador escolher e o patrocinador permitir.

24/03/2019

(Visited 2 times, 1 visits today)